Quando peguei pra jogar, já esperava ser um jogo bom. Afinal, fora o melhor jogo de 2010 e muito falado também. Confesso que até tinha um certo preconceito para com ele,  já que se trata de um jogo de mundo aberto e não sou tão fã assim desse estilo. Mas aos poucos esse jogo foi se mostrando o seu valor, a ponto de eu me render aos seus encantos e confirmar tudo o que falaram sobre o jogo.

 Tudo se passa na época  do velho oeste, uma época em que a verdadeira lei era sua arma e as donzelas deviam ser tomadas a força. Naquela época os Estados Unidos ainda tinha reservas naturais com flora e fauna impressionantes. E você controla um ex bandido chamado John Marston, que teve a família sequestrada pelos policiais, e foi obrigado a ajudá-los a exterminar seu antigo bando.

Graficamente o jogo é incrível, de verdade. Cenários lindos, personagens bem caracterizados [alguns até nojentos devido a falta de higiene da época]. O problema fica por conta de alguns pontos em que o conário vão sendo construídos conforme anda. Isso fica bem nítido quando se está correndo de cavalo na linha férrea.

Controlar Marston é bem tranquilo,  já que ele responde bem aos comandos e também porque não é a primeira vez que a Rockstars faz um jogo de mundo aberto. Mas tudo se complica quando é preciso fazer movimentos precisos, como fazer uma curva e subir em alguma plataforma em seguida. Morri várias vezes tentando fugir de tiroteios sem conseguir êxito numa manobra dessas. Por outro lado, você pode usar cover para se esconder, tem uma diversidade enorme de armas e o melhor, cavalga pelo mundo debaixo de um sol de rachar. E como não poderia faltar, o jogo tem um modo online bem competente.

Algo chato no jogo são os constantes bugs, chega a ser irritante demais. Travamento ao usar um item, câmeras que atravessam os objetos, seu cavalo fugindo de você,  etc.  Mas o que mais irrita é quando um npc de sidequest desaparece.

No fim das contas, Red Dead Redemption  merece ser jogado por todos que tenham um console da atual geração. Talvez não fique marcado na história como épico, mas certamente é um grande jogo. Recomendadíssimo!