Confesso que ao baixar esse game no meu ps3, pensei que fosse algo tosco que faria apenas alguns jogadores curtirem devido a nostalgia de um grande clássico dos fliperamas e consoles do passado. Mas na verdade, a história foi bem diferente e tive de aceitar que, muitas vezes, uma receita antiga ainda consegue ser bem gostosa. Nessa nova aventura do saudoso come-come, você deve comer pontinhos, frutos e às vezes fantasmas. Na verdade, nada de muito diferente de uns vinte ou trinta anos atrás. Mas agora você conta com alguns elementos que fazem uma grande diferença enter o velho e o novo.

A mais notável mudança, e óbvia, foram os gráficos que ficaram bem bonitos, coloridos e muito fiel ao original. Há ainda a possibilidade de alterar a aparência tanto das fases quanto do próprio Pacman, diversificando bastante a aventura. Talvez seja uma característica da série, mas é bom ressaltar que todas as fases são “metades invertidas” que vão se alterando conforme se come todas as bolinhas.

A jogabilidade foi alterada também, ainda que levemente. Dessa vez quando se fica sem alternativas você pode estourar uma bomba te salvando da antiga e frustrante sensação de impotência. Assim, com a bomba, os fantasmas são jogados de volta pro centro da tela e você ficará salvo mesmo que por pouco tempo. Outra opção interessante é que se por engano pegar um caminho errado que te leva de encontro a um fantasma, o jogo entra em algo parecido com o “bullet time” de Matrix ou Max Payne e te dá a chance de pensar em uma provavel solução. E claro, conforme vai puntuando a velocidade vai aumentando e tornando ainda mais interessante a sua jornada.

No mais, está tudo bem legal, inclusive as músicas e efeitos sonoros. Jutando ainda com a possibilidade de se colecionar troféus, essa nova aventura de Pacman se torna um bom passatempo quando não se tem nada pra jogar ou está emperrado em alguma fase ou chefe. Recomendo!