Não me lembro bem, mas acredito que mais ou menos em 2008, quando o ps2 ainda reinava aqui em casa, conheci um jogo bem interessante. Ele contava a história de um homem que ficou preso durante 10 anos e quando foi solto, investigou os verdadeiros motivos de sua prisão. Esse era Yakuza, um jogo lançado pela SEGA e que lembrava muito um dos maiores sucessos do antigo Dreamcast, o Shen Mue. Desde então, virei fã da série. Mas não cheguei a jogar os outros. Yakuza 2 tinha dois dvds e o 3 era pra ps3. Console que eu ainda não havia adquirido até então.

No final do ano passado, comprei Yakuza 4 e depois de quase seis meses, a encomenda foi entregue e eu pude jogá-lo. Não digo que a espera tenha valido a pena, mas posso afirmar que o jogo foi muito, mas muito além mesmo das minhas expectativas. Me forçando até mesmo a comprar o Yakuza 3 de imediato.

Bem, o jogo em si não muda muito em relação ao primeiro que joguei há quatro anos atrás. Mas cá ente nós, nem precisaria mudar. Ele já era incrível e numa plataforma mais potente ficou quase impecável. Pois nele você encontrará um enredo muito bom, uma jogabilidade refinada, um ótimo desafio e uma grande trilha sonora.

Claro, nem tudo é perfeito. Os gráficos apesar de serem muito bonitos, ainda dá pra notar uma quantidadenotável de cerrilhado. Há quem diga que ele estão datados e que não mudou muito em relação ao seu antecessor. De qualquer forma, os gráficos estão bem bonitos e cheio de efeitos bem legais.

A jogabilidade está idêntica. É como Street Fighter. Se jogou um jogou todos. Mas sempre existem novidades e a mais notável dessa vez é que você poderá jogar com outros três personagens. Embora o personagem principal ainda seja Kazuma Kiryu, todos os outros tem papel importantíssimo no enredo. O primeiro deles é Akiyama, um ajiota que abusa da velocidade de seus chutes. O segundo é Saejima, um ex presidiário lento e forte. E por fim, temos Tanimura  um detetive com estilo muito técnico nas lutas.

Nos outros aspectos, Yakuza 4 é muito competente dando aos jogadores ótimas músicas e muitas opções para replay do jogo, tendo diversos minigames, sub estórias, desafios e é claro, troféus. Recomendo fortemente!!!