Final Fantasy IX surgiu no fim da vida do saudoso Playstation, também conhecido como psx, psone e até mesmo play1. O fato é que, depois versões um tanto diferentes, a franquia finalmente retornou ao universo em que sempre residiu: um mundo medieval, com magia e fantasia. Aliás, como um verdadeiro rpg deve ser.

Graficamente o jogo é lindo, de verdade. A impressão que dá, é que o jogo seja talvez até melhor do que muitos que saíram para a primeira geração do Playstation 2. Os gráficos são bem coloridos e animados, apesar de ser totalmente poligonal [eu diria 3D, mas falar assim hoje em dia dá a impressão de ser outra coisa].

Como era regra naquela época, as batalhas são baseadas em turnos. Ou seja,  uma barra de tempo se enche e você escolhe a opção para seu personagem usar. O grupo é composto por, no máximo, quatro personagens e após cada batalha você ganha experiência, pontos de habilidade e, eventualmente, itens.

No mais, Final Fantasy IX consegue conter boas músicas, belas cenas em cg e  um joguinho de cartas bem maneiro. Vale a pena jogar, ainda mais por marcar a volta às origens de um clássico que quase se perdeu na sétima e oitava versão. Altamente recomendado!