E mais uma versão da aclamada série de futebol da Konami é lançada. Pes2011 teve muitas modificações em relação ao seu antecessor, o Pes2010. Dessa vez o game está mais lento, numa tentativa de dar mais realidade à partida.

Com gráficos brilhantes, a Konamii se concentrou em mudar muita coisa em relação a jogabilidade. Se já era dificil driblar na versão anterior, agora está praticamente impossível passar por mais de um adversário. Isso se dá pelo maior realismo aplicado à movimentação dos jogadores. Por exemplo, um jogador que é destro terá dificuldades para driblar para esquerda, ou se a bola vier para a perna esquerda, ele vai “ajeitar o corpo” pra forçar um domínio com a perna direita. Os atletas também estão bem mais lentos, isso significa que acabou a noobisse de jogar no Nani e sair na correria.

Se está dificil de driblar, marcar também está complicado. Os jogadores parecem que tem má vontade. A bola passa do lado deles e eles não esticam a perna para interceptar o passe. Por outro lado, a defesa não “abre” quando está sendo atacada, mas muitas vezes o jogador responsável pela marcação “não dá o bote” a menos que você mude o cursor para ele.

O sistema de passes também teve alterações significativas, pois agora há a possibilidade de carregar a força dos passes. Dessa forma, mesmo que se queira passar a bola para alguém que está próximo, se carregar umm pouco mais, a bola vai um verdadeiro “tijolo” ou então passa para alguém mais adiantado. O que ficou ruim é que os passes não são mais inteligentes como antigamente. Se você mirar o direcional para frente, ele vai tocar lá, mesmo que não tenha ninguém do seu time. E isso pode ocasionar muitos erros de passes e até entregadas fatais ao oponente.

Assim como o Parreira diz, quando se está começando a jogar Pes2011 o gol passa a ser apenas um detalhe. Você fica impressionado com tudo, principalmente com as zoadas irritantes do Sílvio Luís [“Vai perder, vai perder, vai perder meu filho”, aff filho da puta!!!] e do Mauro Betting [“Era mais fácil eu fazer o gol daqui do que ele de lá”] e quanto menos espera vê o jogo terminar em um emocionante 0x0. Isso porque finalizar está extremamente dificil, pois quando acerta um chute no gol, o goleiro defende ou espalma para os lados. Finalmente não ficam mais rebatendo pro meio da área. Por outro lado, a cobrança de falta está mais fácil e se pegar o jeito dificilmente vai errar uma, voltando aos áureos tempos de Winning Eleven 8 Internacional, quando D’Alessandro era o Rei das bolas paradas.

Em suma, Pro Evolution 2011 ficou melhor que seu antecessor, realmente. Mas ainda tem alguns aspectos que podem ser reavaliados visando sempre a perfeição. Agora o mais importante é esperar pela oportunidade de jogar as Master Liga online, aí sim.😀

Jogo recomendadíssimo!!!